Poços artesianos começam a ser perfurados em Lages

A ação é uma parceria entre as prefeituras da região e a Amures

O primeiro poço artesiano perfurado em Lages, por meio do convênio intermunicipal firmado entre a Prefeitura e a Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures), com a colaboração da União Rural de Lages (UNIR) já começou a ser perfurado.

Acompanharam os trabalhos de abertura deste primeiro poço, o secretário municipal da Agricultura e Pesca, Osvaldo Uncini com o diretor de pesca, desta secretaria, Nelson Beretta, além do secretário executivo da Amures, Walter Manfrói, técnicos e moradores daquela localidade do interior de Lages. 

Este poço artesiano tem 126 metros de profundidade e apresenta uma vazão de 14.400 litros por hora. Ele funcionará com uma bomba automática que possibilitará a sucção da água e a distribuição dela às propriedades rurais. "É muito importante a instalação de um poço artesiano, com água de boa qualidade aqui nos Cadeados, assim como irá acontecer em outras localidades do interior do município. Isto é necessário, pois os proprietários rurais e moradores não podem ficar sem abastecimento de água e os carros pipas não dão conta de toda a demanda, em épocas de forte estiagem", falou o secretário, Osvaldo Uncini. 

O prefeito Antonio Ceron lembra que as chuvas constantes da última semana ajudaram na situação da estiagem no município, mas cabe ao poder público encontrar soluções preventivas para os períodos de seca ou estiagem prolongada. 

Já o secretário executivo da Amures, Walter Manfrói disse ser provável que o Consórcio Intermunicipal poderá também, numa segunda etapa, realizar a perfuração de poços artesianos "porteira adentro", atendendo o consumo de água em propriedades rurais.

Imagens


EDITORIAS

14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina